Translucência Nucal

 

Por volta das semanas 10 a 14, por ocasião do desenvolvimento do sistema venoso, mais especificamente a veia jugular interna e formação do saco linfático, aparecem na nuca do feto uma área com líquido (entre a pele e o tecido celular subcutâneo que recobre a coluna), que é chamada de Translucência Nucal(TN).

 

O período ideal para avaliação e mensuração correta desta área é entre as semanas 11 e 13semanas e 6 dias. A avaliação é feita no exame de rotina onde medimos o CCN (comprimento cabeça-nádegas) para uma perfeita datação da gestação . O exame pode ser realizado com ecografia (abdominal) e, ocasionalmente, teremos que utilizar a via vaginal.

No momento do exame, fazemos uma primeira avaliação completa do feto para afastar outros defeitos grosseiros ou malformações. (Ecografia Morfológica de 1º trimestre).

A medida da TN é analisada por um programa que avalia juntamente com a idade materna o risco ajustado do feto apresentar defeito cromossômico. Dependendo da medida da TN, este risco pode aumentar ou diminuir.É por isso que lembramos sempre que a medida da Translucência Nucal é um importante marcador ecográfico e serve exclusivamente para calcular o risco fetal e nunca é um diagnóstico definitivo. Existem ainda outros marcadores, como a presença do osso nasal, o ducto venoso e a regurgitação da válvula tricúspide.

 

  • Convênio e Planos
  • IPERGS
  • CASSI
  • CABERGS
  • CODIS
  • UNIMED
  • ...

Tire suas dúvidas


© 2012 Fetale - Centro de Medicina Fetal.